Kokomo
Album "Still Cruisin'"


Michael Edward Love
Nasceu em Baldwin Hills, California no dia 15 de março de 1941, às 10:55 am.
É o típico rapaz californiano: alto, 6’1 (1.85m), loiro, sardento, de olhos azuis.

Filmes: Monkey's uncle (65), The girls on the beach (65), Deadmans curve (78), Almost Summer (78)

 

Desde muito jovem, Mike sempre se interessou por música, gosto que herdou da vovó Wilson, e cantava com os primos de primeiro grau Brian e Carl Wilson. Filho de Emily e Milton Love cresceu com seus seis irmãos e teve uma infância e adolescência saudável. Costumava sempre ter mais do que uma namorada e de vez em quando se aventurava a pegar uma onda, mas ao contrário de Dennis Wilson, nunca aprendeu a surfar. Formou-se pela Dorsey High, em L.A.


Em meados dos anos cinqüenta viu sua família falir financeiramente após um negócio mal feito pelo seu pai e o trauma de empobrecer continuou perseguindo-o, visto que até hoje é considerado o mais capitalista dos Beach Boys.


Com o sucesso do hit “Surfin’”, Brian e Mike continuaram escrevendo outras canções. Mike adorava a sintonia em que ele e o primo estavam sempre, quando ele escrevia as letras e Brian fazia os arranjos. Abandonou seu trabalho em um posto de gasolina depois que os Beach Boys assinaram com a Capitol Records.

 

Ao contrário de Brian que nunca gostou de fazer giras, Mike adorava os shows, curtia muito inventar dancinhas que tornaram sua marca registrada e fazer poses para as meninas na platéia. Não tinha problemas de concorrência na banda por causa de garotas, exceto por Dennis, que ainda era o preferido das fãs. Os dois constantemente competiam por atenção.


Nos primeiros anos, como Dennis, Carl e Al faziam apenas a segunda voz, Brian cantava as baladas românticas e Mike era o vocalista principal em músicas alegres sobre carros velozes, garotas e surf, e estava bem satisfeito com as coisas assim.
Quando voltaram de uma turnê na Austrália e na Nova Zelândia, a Invasão Britânica tomava conta da América.


Escreveu com Brian “I Get Around” que foi primeiro lugar nas paradas de sucesso. Após o famoso colapso de Brian no final de 1964 e de sua obsessão para superar os Beatles, Mike foi notando a falta de entusiasmo do primo nas letras que ele lhe mostrava.

 

Com a banda em primeiro plano e sem tempo para mulher e filhos, Love se divorciou. Em março de 1965 foi demandado por outra ex-namorada, Shannon Harris, de 22 anos, que afirmava ter uma filha com ele. Mike disse que não era o pai da suposta filha e que ele e Shannon sequer haviam feito sexo, o que obviamente não era verdade, mas a Corte fica a seu favor.


Escreve a letra de California Girls e depois de lançá-la, casou-se com a namorada Susan Belcher de 17 anos, em Las Vegas.

MikeBrian teve uma epifania ao ouvir Rubber Soul dos Beatles e queria superar esse álbum de qualquer maneira. Para isso achou que era fundamental se livrar das letras alegres e inocentes que Mike gostava e se juntou a Tony Asher para criar músicas mais sérias.

Com seu trabalho reduzido a mais de 50% do que estava acostumado, Mike não estava satisfeito. Não queria ficar fazendo vocalização para o Brian e nem gostava da certa indiferença que o primo passou a tratá-lo. Já que agora Brian e Tony eram colaboradores e conversavam sobre tudo antes de escrever, Mike se sentiu excluído. Como não tocava nenhum instrumento, exceto por suas tentativas desastrosas com o sax ou quando brincava com o pandeiro, nas canções em que outros faziam o vocal principal nota-se que Mike ficava sem saber como se mexer, e sem ter o que fazer com as mãos, então a idéia de gravar músicas de outro estilo que não estava acostumado e que quase não cantava obviamente não lhe agradava. Dizia para não “brincarem com a fórmula”.

Enquanto Brian e Asher trabalhavam nas novas canções, os Beach Boys saíram em turnê. Carl ao lado de Mike passou a liderar a banda.

Mike escolheu o título Pet Sounds para o tão aclamado álbum. Além de reescrever parte da letra “Hang on to your ego” trocou o título para “I know there’s an answear”, embora muitos duvidem, por Asher não confirmar o fato.

Outro caso a parte foram as gravações do single “Good Vibrations”. Mike não gostou do estilo, do som e nem da letra que Asher escreveu e foi até a casa de Brian em Beverly Hills para analisarem tudo juntos. Lá escreveu o trecho “I’m picking up good vibrations she’s giving me excitations”, na tentativa de deixar a letra mais compreensível para os fãs que certamente estranhariam do outro jeito.
Para as gravações de Smile, os experimentos musicais de Brian misturados com sua piração de LSD estavam sendo demais para Mike assimilar.
A princípio os outros Beach Boys, especialmente Dennis, concordavam que Brian era um gênio e que era melhor deixar tudo por sua conta, mas Mike não via genialidade alguma em cachorros latindo, colheres batendo, caixas de areia e idolatria a Deus. Acreditava que depois do fracasso em vendagens de Pet Sounds eles deveriam voltar a “antiga fórmula” que era sucesso garantido. Também estava irritado por ter sido trocado novamente nas composições, dessa vez por Van Dyke Parks. Muitos diziam que Mike chegava a ser inconveniente criticando tudo que Van Dyke escrevia, em especial a canção Cabinessence, na qual questiona o conteúdo da letra causando tensão entre Van Dyke e ele.
Mais uma vez Brian ficou em casa trabalhando no álbum enquanto a banda seguia em turnê.

Em 1967, lançam Smiley Smile para satisfazer a gravadora que exigia material novo. Depois de tanta pressão pessoal e dos outros colegas de banda e especialmente por parte do Mike , Brian abandonou o Smile.

Começa a se interessar por Meditação Transcendental, ao qual acreditava que essa era a solução para todos os problemas, ao contrário das drogas. Partiu em viagem à rishikesh, na Índia, em março de 1968, com os Beatles, Mia Farrow, Donovan, entre outros, para ouvir os ensinamentos do Guru Maharishi Mahesh Yogi, ao qual havia sido apresentado por Dennis.


Mike registrava tudo que ouvia e quando voltou parecia menos estressado, e por um período que seguiu sua volta, aderiu a um visual budista vestindo túnicas, deixou a barba ruiva crescer e passou a não se importar em ser visto sem chapéu ou qualquer outra coisa que cobrisse sua precoce careca.
Resolveu Levar Maharishi aos palcos, mas em um show na Geórgia a reação do publico resultou em vaias.

No começo dos anos setenta os shows já não lotavam mais e Mike estava com fome de dinheiro. Reclamava que Brian ficava em casa recebendo royalties por suas canções e assim não estava se preocupando com isso, e que ele, ao contrário, não estava recebendo nada e tinha cinco filhos para sustentar. Nesse clima começaram as gravações de Holland.
Quando tiveram a oportunidade de lançar Endless Harmony, título que sugeriu, Mike estava empolgado com a possibilidade de voltar a apresentar os antigos sucessos e ainda mais com a presença de Brian nos palcos. Escreveu Brian’s Back que ia ser lançado em seu primeiro disco solo intitulado First Love, que acabou não saindo. Ainda gravou outro disco que também não lançou: o Country Love. Ambos de 1978. Na mesma época participa de um projeto paralelo chamado Celebration, que entre as músicas contêm a trilha de Almost Summer, e participa do filme Deadman’s curve, interpretando ele mesmo.

Nesse período o relacionamento de Mike com Dennis estava impossível. Os dois se golpeavam no backstage por todos os motivos imagináveis. Love com o aval da banda chama Mike Kowalski para tocar bateria, já que Dennis andava tendo problemas com drogas e principalmente álcool e precisava de um reforço nos palcos. Até Mike expulsá-lo para que ele se recuperasse de vez.
Love também teve diversos desentendimentos com os outros Beach Boys quando eles afirmaram que seus irmãos Stan e Steve estavam gerenciando mal os negócios da banda.

Em 1981 lançou seu primeiro álbum solo, o Looking Back With Love, que foi um fracasso de vendas, e continha composições suas e covers de Abba e Neil Sedaka. Além da canção Be My Baby, que Brian queria gravar, mas Love foi mais rápido e gravou na frente. No ano seguinte se reuniu com Dean Torrence, da dupla Jan & Dean, para um tour.

 

Dennis Wilson casou-se em 1983 com Shawn Love (a suposta filha de Mike na demanda de 1965) que estava grávida. Mike ficou furioso, ainda mais porque estava claro que Dennis apenas se vingava dele, sabendo que se ele não assumiu a filha (que ficou provado anos mais tarde que não era mesmo filha dele) não teria argumento algum para ficar bravo.

Após a morte de Dennis meses depois, a banda resolveu continuar, visto que Dennis havia estado fora da banda algumas vezes mesmo, não haveria porque então não seguir em frente.


Tocaram na segunda posse de Ronald Reagan em 1985. Mike estava animado a continuar tocando em jogos de baseball e feriados de quatro de julho.

Compôs com Scott Mackenzie, Terry Melcher e o “papa” John Phillips o hit Kokomo, que foi trilha do filme Cocktail em 1988. Uma das partes acrescentadas por Love foi “Aruba, Jamaica...” e “ That’s where we want to go...” entre outros, mas foi um trabalho em conjunto, e sem a ajuda de nenhum irmão Wilson esse foi o seu primeiro sucesso a ficar no topo das paradas americanas.

Mike convidou o ator John Stamos para um segundo tour com os Beach Boys. (o primeiro foi em 1985). Em troca apareceu na série Full House pela primeira vez. No ano anterior os Beach Boys entraram para o Rock n’ Roll Hall of Fame.

Em 1991 processou o primo Brian Wilson pelas 79 canções que ajudou a escrever e que não teve seu nome nos créditos. Mike disse mais tarde que achou desagradável passar por isso até porque sabia da condição em que Brian estava na época, mas que simplesmente não era justo que ele não recebesse nada por seu trabalho, e que lutar pelo que era seu por direito não fazia dele um vilão. Ganhou crédito por 35 canções, embora algumas de origens duvidosas e questionáveis quanto ao fato de ele ter ajudado a escrever ou não.

Com exceção de Brian, os Beach Boys gravaram Summer in Paradise em 1992. O álbum se aproximava da velha fórmula que Mike tanto gostava.

Casou-se com a estilista Jacquelyne Piesen em 1994 e dois anos mais tarde teve mais uma filha, Ambha Leila Lakshmi, a última de um total de nove filhos.

Os Beach Boys, dessa vez com Brian, se reuniram para gravar o álbum tributo Stars and Stripes. Estavam decididos a gravar novas canções e fazer mais shows, mas a morte prematura de Carl Wilson colocou um fim nesses planos.
Assim, Brian seguiu em carreira solo, e Al Jardine, após um desentendimento com Mike, e sem ver muito sentido no grupo sem Carl, montou sua própria banda: Beach Boys Family &Friends. Mike o processou alegando ser o único autorizado a excursionar sob o nome “The Beach Boys”. Ganhou o processo.

Em 1998, junto com Bruce Johnston e o ex-Beach Boy David Marks, gravou “Salute Nascar”, com a participação especial de Dean Torrence na faixa “The Little Old Lady from Pasadena”, para a promoção dos postos de gasolina Union 76.

Por um tempo passou a se apresentar como Beach Boys Band, ao lado de Bruce Johnston. Tocavam esporadicamente com músicos como Frank Valli, Adrian Baker e John Stamos.

Sua atual banda hoje (The Beach Boys) é formada por:


Mike Kowalski (bateria e percursão)
Chris Farmer (baixo, teclado e guitarra) canta as partes do Al Jardine.
John Cowsill (teclado e piano) canta as partes do Al e do Carl.
Tim Bonhomme (teclado e piano) canta as partes do Dennis.
Scott Totten ( guitarra principal) canta as partes do Carl.
Além de Bruce Johnston, e de seu filho Christian Love.


Embora músicos estejam constantemente entrando e deixando a banda.
Apresentam principalmente os sucessos da fase surf. Mike conserva a mesma voz nasalada que sempre teve - embora suas desafinadas sejam mais visíveis agora. Está em ótima forma e suas apresentações são sempre belas trazendo um ambiente de grande nostalgia.


Recentemente chamou a Charlotte Symphony Orchestra pra tocar com os Beach Boys por achar que algumas canções lentas soavam melhores quando orquestradas.
Autoriza John Stamos a produzir um filme sobre a banda, intitulado The Beach Boys: An American Family, em 1999. Nessa época cria a Love Foundation, uma fundação que apóia causas relativas ao meio ambiente e iniciativas á educação.


Atualmente reside em Lake Tahoe, Nevada, embora também possua outras propriedades. É vegetariano e totalmente voltado à vida saudável. Abriu com sua esposa Jacquelyne, o restaurante Mike Love’s club Kokomo.


Hoje em dia é um dos maiores adeptos à Meditação Transcendental.

 

Por Ana Paula Seixlack

 

 

 

 

Inicio

Home

 

AFC